• Rua dos Carijós, 141 - Centro - Belo Horizonte/MG
  • (31) 3224-0752
  • juridicosintectmg@gmail.com

Notícias

FIRMEZA E PRECAUÇÃO DA CATEGORIA NESTA CAMPANHA SALARIAL

Durante as várias campanhas salariais dos trabalhadores dos Correios, até hoje foram utilizadas várias táticas e discursos de acordo com a realidade do momento vivido pelos trabalhadores, com a política econômica e social aplicada pelos governos passados colocando sempre os interesses da grande massa de trabalhadores a reboque dos interesses da BURGUESIA controladora e dona dos meios de  produção.  
Uma das táticas colocadas em pratica contra os interesses dos trabalhadores principalmente nas campanhas da ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos), é a utilização de alguma organização dos trabalhadores através de seus dirigentes para barrar e frear o movimento e organização dos trabalhadores, propondo acordos e fazendo propostas conciliatórias ou rebaixadas que somente atendem aos interesses da própria empresa. Desta forma deixam os trabalhadores em condições cada vez mais PRECARIZADAS, sem nenhum avanço significativo em suas condições de vida e trabalho. 
Nesta campanha salarial 2020/21, é preciso dar um basta a esta conciliação, impedir que os acordos feitos nos bastidores de forma unilateral possam intervir nas negociações e sistematização do próximo acordo coletivo de trabalho. Hoje os trabalhadores vivem uma realidade diferente tendo que superar uma pandemia e ainda lutar para defender seus interesses que foram retirados pelas reformas trabalhista e da previdência.   
O SINTECT-MG juntamente com os trabalhadores de sua base de atuação, que sempre tiveram um comportamento firme em todas as campanhas salariais não caindo nas armadilhas impostas pela Empresa, chama todos os trabalhadores a combaterem de forma firme as mentiras e tentativas de impedir a mobilização nesta campanha salarial. Não vamos permitir nenhum tipo de conciliação por parte da burocracia sindical ou  acordo rebaixado que não atenda os anseios da categoria. 

Todos à campanha salarial lutar contra a retirada de direitos!
Não à privatização dos Correios!