• Rua dos Carijós, 141 - Centro - Belo Horizonte/MG
  • (31) 3224-0752
  • juridicosintectmg@gmail.com

Notícias

Assembleia do SINTECT-MG aprova retorno ao trabalho e compromisso com a luta contra a privatização

Na tarde desta terça-feira, dia 22 de setembro, os trabalhadores da base territorial do SINTECT-MG se reuniram em assembleia, realizada em frente ao edifício do Correio central, em Belo Horizonte, e deliberaram, por unanimidade, pelo retorno ao trabalho a partir das 22 horas do mesmo dia,  reafirmando o compromisso de manter a luta diária contra a privatização da Empresa e contra os ataques do governo Bolsonaro. 
Na assembleia, os ecetistas denunciaram a política de ataques do governo federal e da direção da Empresa contra os trabalhadores e repudiaram a decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que numa única canetada retirou dezenas de direitos históricos da categoria, todos aqueles que diziam respeito às cláusulas econômicas como o anuênio, auxílio especial para filhos com deficiência, 70% nas férias, adicional de 30% sob o salário base etc., além da redução da licença maternidade, valor das horas extras etc. Os trabalhadores compreenderam que a decisão da Justiça está totalmente subordinada aos interesses do governo, que quer enxugar a Empresa ao máximo para facilitar a privatização e, por isto, ataca os trabalhadores sem piedade. Também foi denunciada a política covarde e traidora da burocracia sindical que dirige os sindicatos ligados à FINDECT, em especial as direções dos Sindicatos de São Paulo e Rio de Janeiro.
Contudo, esta derrota momentânea está longe de significar o fim da luta e é por isto que os ecetistas mineiros saem dessa greve com a cabeça erguida, orgulhosos do movimento histórico e de resistência que realizaram, com a consciência de que Minas Gerais protagonizou a greve mais forte do País, realizando atos grandiosos na capital e pelo interior e mostrando ao governo Bolsonaro a capacidade de luta dos trabalhadores brasileiros. O momento agora é de unir forças, ampliar a mobilização e a luta contra o ataque mais vigoroso que está sendo orquestrado pelo governo, que é a entrega da ECT, do patrimônio do povo brasileiro, aos grandes monopólios internacionais. 

 

À luta companheiros!

Galeria de fotos