Pauta de Reivindicação é entregue ao presidente dos Correios

entregadapauta1No último dia 26 de julho de 2016, a Federação Nacional dos Trabalhdores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) protocolou a Pauta Nacional de Reivindicações junto ao novo presidente dos Correios, Guilherme Campos. Na oportunidade, nós da LPS (Luta Popular e Sindical), levantamos o problema da Postal Saúde, que não atende os trabalhadores e seus dependentes de forma decente. Deixamos o repúdio e indignação de todos os trabalhadores do País diante das declarações absurdas do presidente culpando os trabalhadores pela situação atual dos Correios e ainda fizemos questão de frisar que PRIVATIZAÇÃO É COISA DE LADRÃO! Que consideramos um crime a entrega dos Correios, que tem função social, para a iniciativa privada e vamos lutar com todas as nossas forças para impedir que a Empresa seja vendida/privatizada.
A pauta protocolada contém as reivindicações e anseios dos trabalhadores de todas as partes do País. Dentre as propostas econômicas, destacam-se o percentual de 15% de reajuste, R$ 300 de aumento facial nos salários, aumento do ticket alimentação/restaurante para R$ 45. Reivindicações em defesa dos Correios como Empresa 100% estatal e o problema da Postal Saúde, que gasta muito e atende pouco, também foram levantadas. A Pauta contém ainda a proposta de retornar a saúde para o plano de auto-gestão, com atendimento digno para os trabalhadores e suas famílias.
Debatemos na entrega da Pauta o imenso problema e revolta que causou as declarações absurdas do novo presidente aos diversos veículos de comunicação.
Guilherme Campos deixou claro em sua fala que mudanças serão necessárias e que irão acontecer de uma forma ou de outra. Salientou que o maior prejuízo hoje se chama plano de saúde e que terá que promover mudanças. Falou ainda que irá colocar a antiga dívida da RTSA (Reserva Técnica de Serviço Anterior) do Postalis como provisionamento, aumentando ainda mais o déficit apresentado pelos Correios.
A reunião da entrega da Pauta Nacional de Reivindicações e a conversa com o novo presidente mostrou que iremos enfrentar mais uma vez a direção dos Correios afirmar que não tem dinheiro para dar aumento para o pior salário do funcionalismo público federal hoje. As cínicas declarações de que não há dinheiro para o reajuste dos trabalhadores virão na hora da negociação, mesmo depois da direção dos Correios aprovarem milhões e milhões de reais em patrocínio para as olimpíadas.
Diante da situação colocada, a categoria terá que se organizar para dar uma resposta contra os ataques aos direitos e aos empregos dos milhares de trabalhadores em todo Brasil. A bandeira de luta NÃO A PRIVATIZAÇÃO DOS CORREIOS unifica a categoria, que já demonstra nas primeiras assembleias em todo o País que está disposta a lutar na defesa dos empregos, de suas famílias e por nenhum direito a menos!

 

 

Filie-se

O SINTECT – MG tem como objetivo buscar a melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores, preocupando-se de estar presente e ao seu lado a todo tempo. Por este motivo estamos buscando convênios para facilitar a vida de seus filiados. Se cada um de nós, (capital e interior) empenharmos em firmar pelo menos um convenio, o numero crescera cada vez mais, criando facilidade para a vida de nos os trabalhadores. Quando os trabalhadores se unem as coisas acontecem!

VENHA FILIE-SE E FORTALEÇA A NOSSA CLASSE.

Saiba mais

Mundo do Trabalho

logomundo

 

Nossas reuniões são abertas à participação de entidades sindicais, estudantis, movimentos sociais e popular, Jurídicas e de pessoas que queiram debater e lutar contra o aprofundamento da precarização do mundo do trabalho.

Newsletter

Receba em seu e-mail as atualizações de nosso site. Fique por dentro das novidades e notícias do seu sindicato.

Aqui você tem voz!

denuncia

Visitas: 62108

SINTECT-MG | Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Correios e Telégrafos e Similares de Minas Gerais

Rua dos Carijos, 141, Centro - Belo Horizonte - MG
(31) 3224-0752 - (31) 3031-2497 (Jurídico)
sintectmg@ig.com.br