• Rua dos Carijós, 141 - Centro - Belo Horizonte/MG
  • (31) 3224-0752
  • juridicosintectmg@gmail.com

Notícias

CUT/MG promove ato simbólico no centro de BH no Dia da Consciência Negra

A Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT/MG) promoveu neste dia 20 de novembro um ato simbólico pelo dia da Consciência Negra, na praça sete, centro de Belo Horizonte. A atividade contou com a presença de representantes sindicais, de movimentos populares e sociais, deu voz aos militantes da causa negra, que combatem o racismo estrutural no dia a dia. A mensagem passada à população que trafegava pelo local e aos que ficaram para participar do Ato foi a de exaltar a importância dos negros na História e a importância da luta de classes, da transformação da sociedade como condicionante para pôr fim ao racismo.

O Ato ocorre num momento de intensificação dos ataques contra a população negra, pobre e periférica. Um exemplo emblemático foi o assassinato de João Alberto Silveira Freitas, no dia anterior, 19 de setembro. João Alberto, um homem negro, de 40 anos, foi espancado até a morte por um segurança e um policial temporário no Carrefour, em Porto Alegre. Também tivemos o recente caso da vereadora, professora Ana Lúcia Martins (PT), eleita em Joinville (SC), que foi ameaçada de morte pelo simples fato de ser negra. Nas ameaças, os criminosos afirmaram que matá-la seria uma opção para ela não assumir o cargo e poder ser substituída pelo suplente, que é branco.

Os exemplos são apenas uma pequena amostra do racismo estrutural, que coloca um alvo nas costas de qualquer pessoa negra, não importa onde ela esteja. É preciso intensificar a luta contra a opressão e o racismo que existe na sociedade e vêm destruindo as vidas negras ao longo do tempo.

Fotos: @luizrochabh

Galeria de fotos